top of page

Flacidez de pele ou muscular

A flacidez é caracterizada pela falta de fibras de sustentação da pele, o colágeno e a elastina. Existem dois tipos de flacidez, a muscular e a dérmica. A flacidez muscular é profunda e mais difícil de ser tratada, pois aparece em decorrência do desgaste das fibras de sustentação dos músculos. Já a flacidez dérmica apresenta uma mera desorganização dessas fibras.

Dentre as principais causas da flacidez está o envelhecimento da pele. Com o passar do tempo, começamos a produzir menos colágeno e elastina, proteínas que dão vigor e rigidez ao tecido cutâneo. O cigarro e as bebidas alcoólicas também são responsáveis pela perda de elasticidade da pele. Já no caso de alterações hormonais, decorrentes de processos como obesidade e gravidez, o aparecimento de estruturas flácidas se dá principalmente em razão das mudanças de peso muito bruscas.

Tecnologias usadas para esse tratamento

Tudo vai depender da avaliação do paciente que pode necessitar de uma ou mais técnicas para obter o resultado desejado, mas de forma geral podem ser feitas associações entre:

  • Ultrassom Cavitacional

  • Ultrassom de alta potência

  • Radiofrequência

  • Ondas de choque

  • Aplicação de enzimas

  • Corrente Russa

  • Aplicação de bioestimuladores de colágeno

Qual o preço do tratamento?

Não existe um preço fixo para o tratamento da flacidez, visto que ele é personalizado para cada pessoa, de acordo com suas características individuais. Aspectos como o tipo e grau da flacidez, o número de sessões necessárias, as regiões de tratamento e a técnica escolhida, influenciam diretamente no orçamento final. Por isso, em todo caso, é necessária uma avaliação para que o profissional possa personalizar o seu tratamento e determinar o valor mais adequado.

bottom of page